Como se proteger do malware que já infectou 24 milhões de PCs no Brasil

News3

Depois da notícia de que um novo malware já havia infectado mais de 24 milhões de computadores no Brasil, e 250 milhões no mundo inteiro, diversos internautas entraram em contato com o Olhar Digital questionando se eles haviam sido infectados pelo vírus. 

Antes de mais nada é preciso entender o que realmente está ocorrendo. Apelidado de “Fireball”, o pacote de adware pode controlar navegadores como Chrome, Firefox, Safari, Internet Explorer, entre outros. Após obter o controle destes softwares, o malware permite que os invasores consigam visualizar praticamente tudo o que o usuário está fazendo na internet. 

Em outras palavras, o vírus deixa todos os dados acessados por nesses navegadores vulneráveis. Senhas de redes sociais e de bancos pela internet, arquivos transferidos... tudo isso fica pode ficar à disposição dos cibercriminosos.

Como identificar

Há duas formas de identificar o malware: utilizando softwares com esse objetivo ou buscando pela ameaça sem qualquer ajuda. As duas maneiras, no entanto, não exigem grande conhecimento em informática.

Se você optar pela primeira, escolha programas como Avast, AVG, Avira, entre outros. Se tiver dúvidas, veja o nosso teste com os melhores antivírus gratuitos para Windows 10.

Agora, se você quer colocar a mão na massa, verifique os seguintes pontos:

  • A página inicial de algum de seus navegadores foi alterada sem a sua permissão?
  • Existem extensões novas em algum dos navegadores instalados no seu PC?
  • Existe algum programa que foi instalado no seu computador e que você não conheça?

Se alguma dessas questões teve resposta afirmativa, há a possibilidade do seu computador estar hospedando o Fireball.  

Fui infectado. E agora?

A primeira coisa a fazer é trocar as suas senhas de todas as suas redes sociais e contas de e-mail que você acessou naquele computador. Faça isso usando outro terminal e, se possível, outra conexão com a internet. Depois de realizar a alteração, não faça o login dessas contas no computador infectado.

Se há extensões ou programas instalados no seu computador, exclua-os. Depois disso, realize uma faxina geral na máquina utilizando os softwares citados acima. Em último caso, formate a máquina.

Não fui infectado. Como posso me proteger?

Neste caso, a ideia é que você mantenha algum programa de proteção ativado e atualizado no seu computador e também evite acessar links suspeitos enviados em redes sociais e, até mesmo, encontrados em sites de busca. É extremamente importante também que você tome cuidado com links encurtados e que podem esconder sites perigosos.

Se você é usuário de um Mac, saiba que seu computador também pode ser invadido pelo malware. Neste caso, siga esse tutorial que dá dicas de como proteger a máquina contra as principais ameaças virtuais.

Compartilhe:

Deixe seu comentário